Chevrolet Onix Plus x Prisma LTZ: as diferenças em consumo e desempenho

Comparamos as principais diferenças dos sedãs compactos da GM no Brasil

Nova geração do Prisma atingiu os 100 km/h em pouco mais de 10 segundos em nosso teste

Nova geração do Prisma atingiu os 100 km/h em pouco mais de 10 segundos em nosso teste (Fernando Pires e Fabio Gonzalez/Quatro Rodas)

Chegou ao fim um dos modelos de maior sucesso dos últimos anos no Brasil. O Prisma se despediu do catálogo da Chevrolet ocupando o segundo lugar no ranking de vendas de setembro e com a sensação de dever cumprido.

Sedã chega quase 20 cm mais comprido que o antecessor, e 4,1 cm mais largo

Sedã chega quase 20 cm mais comprido que o antecessor, e 4,1 cm mais largo (Fernando Pires e Fabio Gonzalez/Quatro Rodas)

O modelo passa o bastão para Joy Plus, na versão de entrada, e Onix Plus nas demais versões.

A grande novidade é o motor 1.0 turbo, que chega para substituir (no Onix Plus) o antigo 1.4.

Consumo do antigo Prisma LTZ é um pouco melhor na estrada, já as retomadas são melhores na nova geração

Consumo do antigo Prisma LTZ é um pouco melhor na estrada, já as retomadas são melhores na nova geração (Marco de Bari/Quatro Rodas)

Se o antigo Prisma já era considerado um dos mais conectados do segmento, pode-se dizer o mesmo do Onix Plus. O carro conta até mesmo com wi-fi à bordo em sua versão topo de linha.

Comparamos o desempenho do antigo Prisma LTZ com o do novo Onix Plus Premier II em nossos testes. O resultado está na tabela abaixo:

Prisma LTZ Onix Plus Premier II
Aceleração de 0 a 100 km/h 11,6 s 10,22 s
Aceleração de 0 a 1.000 m 33,2 s 31,74 s
Velocidade máxima (dados de fábrica) n/d 187 km/h
Retomada de 40 a 80 km/h (em D) 7,2 s 4,57 s
Retomada de 60 a 100 km/h (em D) 11,1 s 5,36 s
Retomada de 80 a 120 km/h (em D) 16,9 s 6,68 s
Frenagem de 60/80/120 km/h a 0 m 16,8/29,3/68,1 m 14,3/25,9/58,1 m
Consumo urbano 11,7 km/l 12,8 km/l
Consumo rodoviário 17,5 km/l 16,4 km/l

About The Author

Reply