12 cuidados para se proteger na oficina durante a pandemia da covid-19

7 minutos para ler

Saber como se proteger na oficina durante a pandemia da covid-19 é fundamental, principalmente para quem não pode parar de trabalhar por prestar um serviço essencial. Essa é uma das maneiras de passarmos por esse momento que, por mais difícil que seja, vai acabar e nos deixar mais fortes.

Neste texto, apresentamos 12 dicas de como se proteger na oficina durante a pandemia da covid-19. Continue com a gente e fique por dentro!

1. Lave as mãos frequentemente

Se você procurar pela internet ou em qualquer outro meio de comunicação, a primeira recomendação do Ministério da Saúde é lavar bem as mãos. E isso não é por acaso. A covid-19 — doença causada pelo novo coronavírus — é transmitida principalmente por contato. Isso significa que, caso você toque em um local contaminado e leve ao rosto, pode pegar a doença.

Por isso a importância de lavar as mãos. Esse procedimento elimina o vírus e impede que a contaminação aconteça. Entretanto, é preciso fazer isso da forma correta. Lave as mãos com água e sabão (ou detergente) até a altura dos punhos. Se não tiver uma pia por perto, use o álcool 70%.

2. Evite contato físico nesse momento

O contato físico com outras pessoas também é um problema. Afinal, não dá para saber quem está contaminado — muitas vezes, nem mesmo a própria pessoa sabe. É verdade que um aperto de mão do mecânico de confiança melhora bastante o relacionamento com o cliente, mas nesse momento é bom evitar.

Cumprimente a distância. Atualmente, agir dessa forma não é falta de educação, e sim um respeito à sua vida e à do próximo. Tenha certeza de que, quando isso acabar, as relações estarão muito mais fortalecidas.

3. Mantenha uma distância segura entre clientes e colegas

A distância tem sido difícil de enfrentar, mas necessária. Seja ao interagir com um colega de trabalho, seja com um cliente, fique a pelo menos 2 metros de distância.

Ao falar ou espirrar, algumas partículas bem pequenas podem chegar até a outra pessoa. Mantendo pelo menos 2 metros de afastamento, a possibilidade de isso acontecer é bem menor. Novamente, isso não quer dizer que você está sendo mal-educado, e sim que está apenas se preocupando com o próximo.

4. Utilize máscaras e luvas de forma adequada

Outra forma de evitar que esse contato aconteça é utilizando luvas e máscaras. Contudo, é preciso ficar atento. Esses itens servem como proteção extra e não são infalíveis, principalmente se mal usados.

Usar luvas não desobriga de lavar as mãos. Em relação à máscara, ela deve ser posicionada bem rente ao rosto e ser trocada sempre que ficar úmida. No caso de máscara reutilizável (como as confeccionadas em tecido), é preciso lavar com água e sabão, e somente por quem for o dono do item.

Também é muito importante não tocar a máscara com as mãos enquanto ela estiver no rosto. Afinal, isso pode aumentar o risco do contágio.

5. Evite o contato das mãos com olhos, boca e nariz

Como dissemos, mesmo estando com máscara, o risco de contágio ainda existe. As máscaras servem, principalmente, para reter as partículas que expelimos pela boca e pelo nariz. No entanto, ao tocar na máscara, podemos levar o vírus presente nas mãos para as regiões mais sensíveis.

Ou seja, estando com ou sem máscara, evite levar as mãos ao rosto, principalmente aos olhos, boca e nariz. Essas são as principais portas de entrada para o coronavírus. Precisa tocar o rosto por algum motivo? Antes, lave as mãos antes. Essa é a recomendação número um!

6. Disponibilize álcool gel aos clientes

Outra questão importante para se proteger na oficina durante a pandemia da covid-19 é tentar evitar que os clientes levem o vírus para dentro do ambiente de trabalho. Como fazer isso? É bem simples! Basta contar com o bom e velho álcool em gel 70%. Deixe alguns frascos espalhados e oriente a todos que entrarem no estabelecimento a usarem.

Se não houver álcool em gel, você também pode sugerir a lavagem das mãos com água e sabão. Afinal, o ideal é que o cliente não tenha contato com nada da oficina antes de limpar bem as mãos, independentemente de como ele faça isso.

7. Mantenha as superfícies de contato higienizadas

É fundamental ter atenção à limpeza das superfícies de contato, principalmente balcões. Vai precisar usar o local para algo? Então, antes de tudo, limpe bem com água e sabão ou álcool. Afinal, não há uma maneira de verificar se o vírus está ali.

No entanto, não é somente o balcão que precisa ser limpo. Procure higienizar com mais frequência as pias, os vasos sanitários, o maquinário, o chão etc Quanto maior o grau de limpeza, melhores são as chances de evitar o contágio.

8. Tenha as suas ferramentas separadas

As ferramentas usadas na manutenção dos veículos são para uso pessoal ou qualquer funcionário da oficina pode utilizá-las? Talvez você não tenha pensado nisso, mas elas também podem reter o novo coronavírus. Por isso, faça a separação e organize um kit de trabalho para cada pessoa. Nada de pegar emprestado.

Além de ser uma ótima maneira de se proteger durante a pandemia da covid-19, isso ajuda a otimizar o tempo na oficina, uma vez que não é preciso ficar procurando por ferramentas espalhadas ou perdendo tempo andando para todo lado atrás de algum item.

9. Otimize os seus processos de pagamentos

Otimização e planejamento são fatores muito importantes para se proteger na oficina durante a pandemia da covid-19. Você já deve ter ouvido falar que notas e moedas de dinheiro contêm muitas partículas de sujeira, e nesses tempos isso é ainda mais preocupante.

Por isso, procure incentivar os pagamentos por transferência bancária ou por meio de cartão, que é mais fácil de ser higienizado. Em alguns casos, é possível fazer a transação até mesmo por aproximação da maquininha, sem necessidade de contato para digitar a senha.

Também é importante higienizar as teclas da máquina de cartão, se possível na frente do cliente e antes da utilização.

10. Adote formas alternativas de agendamento

Outra questão importante é agendar os trabalhos a serem realizados. Isso porque, quanto menos gente em um mesmo ambiente, menor a possibilidade de contaminação.

Utilize o celular, as redes sociais e todos os meios disponíveis para que não ocorram aglomerações. Também é legal montar escalas de trabalho e optar por serviços mais rápidos. Dessa forma, é possível evitar muitas pessoas trabalhando ao mesmo tempo.

11. Proteja algumas áreas de contato no carro

Você limpa as maçanetas do carro antes de tocar nelas? Higieniza o volante? Sempre que for iniciar um serviço, limpe as partes do carro em que você vai colocar as mãos. Outra opção é utilizar plástico filme. Na alavanca de câmbio, por exemplo, pode ser uma boa ideia.

Os bancos também precisam ser higienizados ou cobertos. Sempre que possível, opte por limpar, mas sempre consulte o dono do veículo e não passe produtos que possam danificar o carro. Novamente, água e sabão são suficientes para resolver o problema.

12. Procure manter os ambientes bem ventilados

Por fim, mantenha os ambientes sempre muito bem ventilados. Vários especialistas recomendam essa prática na prevenção da covid-19 e de outras doenças. Outra questão é que, quando possível, é uma boa ideia restringir o acesso ao público ao interior da oficina.

Existem muitas formas de se proteger na oficina durante a pandemia da covid-19. O importante é colocar nossas dicas em prática. Quer outra sugestão? Aproveite esse momento e faça um curso online. Essa é uma maneira de aprimorar o trabalho e manter o otimismo. Afinal, como dissemos, tudo isso vai passar.

Que tal compartilhar o que aprendeu hoje? Utilize as suas redes sociais para espalhar essas informações!

About The Author

Reply