Chevrolet Corvette pode ganhar versão V8 híbrida – e bem mais potente

Nova geração do Corvette poderá ganhar versão híbrida Divulgação/Chevrolet

O Chevrolet Corvette de oitava geração resolveu se renovar e apostar na instalação do motor V8 – que sempre esteve na dianteira – em posição central e na carroceria de alumínio, fibra de carbono, de vidro e magnésio, quando antes era produzido apenas com fibra de vidro reforçada.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 8.90

Porém, ao que tudo indica, as mudanças não vão parar ar aí. Os mais puristas não vão gostar de saber que o Grand Sport não está mais nos planos da GM pro Corvette C8 e que, para o seu lugar, preparam o primeiro Corvette híbrido da história.

Protótipo do Corvette E-Ray Reprodução/Internet

A General Motors estaria preparando uma versão híbrida para do esportivo, batizada de E-Ray. Ela substituiria a versão Grand Sport, histórica por ter começado a ser fabricada na década de 60 e por ter sido pioneira no conceito de carro de competição adaptado para as ruas.

Continua após a publicidade

O lendário motor LT2 V-8 de 6,2 litros deverá ser mantido, mas seria acompanhado por dois motores elétricos no eixo dianteiro. Isso não apenas daria ao Corvette tração nas quatro rodas, mas também aumentaria sua potência de 490 cv e 64,2 kgfm de torque para 600 cavalos e 69,1 kgfm.

Divulgação/Quatro Rodas

Isso é bastante impressionante para um modelo que deverá produzir emissões bem mais baixas. Por sorte, os rumores apontam que a mesma carroceira musculosa da equipada com motor a combustão será mantida.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

 

Continua após a publicidade
Publicidade

About The Author

Reply