Entenda mais sobre a venda de junta homocinética fixa

3 minutos para ler

Para que seja possível fazer a venda de junta homocinética fixa, é preciso ter conhecimento sobre a peça. Dessa forma, informações corretas serão capazes de ajudar os vendedores.

Pensando nisso, vamos auxiliá-lo para entender mais sobre a junta homocinética, qual a sua função, o que ocorre quando esse componente apresenta problemas, quando trocá-lo, entre outras instruções relevantes para que você aumente suas vendas.

Interessou-se pelo assunto? Então, continue a leitura deste post e confira todos os detalhes!

Qual é a função da junta homocinética fixa?

A junta homocinética fixa trabalha entre o eixo homocinético e o cubo da roda, a sua principal função é realizar a a transmissão de torque e velocidade constantes na mesma angulação.

Além disso, a junta homocinética concede estabilidade aos veículos ao transferir a tração para as rodas constantemente e, por essa razão, é considerada um item de segurança.

O que pode acontecer em caso de problemas?

Nas situações em que a junta homocinética fixa apresenta problemas, os proprietários de veículos muitas vezes se assustam, já que, quando ela quebra, o veículo não roda.

Por esse motivo, é importante que, durante a venda de junta homocinética fixa, o vendedor mostre ao seu cliente peças novas e de qualidade, produzidas por marcas com reconhecimento no mercado, como a Nakata Automotiva.

Como identificar a necessidade de troca?

Existem alguns indícios que sinalizam falhas das juntas homocinéticas, sendo importante que os comerciantes os conheçam para orientar os clientes da melhor maneira. Um dos principais sinais é o aparecimento de ruídos similares a um “clique”.

Os barulhos, em geral, surgem nos casos em que o veículo sofre tração nas curvas, ou se o veículo for manobrado em marcha ré, como quando o motorista realiza uma baliza. É válido ressaltar que, se o som ocorrer, a peça, em geral, já está em estado crítico e, portanto, deve ser substituída por uma nova.

Quais são os outros itens que precisam ser checados?

Por fim, no momento de efetuar a manutenção e a troca da peça, é importante que outros itens também sejam checados, uma vez que são componentes relacionados. Assim, sempre que a junta homocinética fixa tiver de ser substituída, é fundamental verificar, ainda, a situação das seguintes peças:

●       Junta deslizante ou tripeça;

●       cubo de roda.

Além disso, ao finalizar a troca da junta homocinética fixa e dos demais componentes necessários, é indispensável alinhar o conjunto de suspensão.

Agora que já conhece tudo sobre o tema, a venda de junta homocinética fixa ficará mais fácil, afinal, quanto mais informações um vendedor de autopeças sabe sobre os itens que vende, mais preparado ele fica para atender as exigências de seus clientes. Além disso, ele passa a inspirar mais confiança, aumentando as chances de retenção.

Se você deseja conhecer as juntas homocinéticas fixas da Nakata automotiva — a melhor opção para seus clientes —, entre em contato com a nossa equipe de atendimento e confira como podemos ajudá-lo!

About The Author

Reply