Volkswagen lança serviço de carro por assinatura e anuncia investimento de R$ 472 bilhões em tecnologia

Volkswagen T-Cross 200 TSI 2021 disponível para assinatura
Volkswagen T-Cross 200 TSI 2021 pode ser “seu” por assinatura

Num intervalo inferior a 15 dias, a Volkswagen lançou o seu serviço de carro por assinatura no Brasil e anunciou um investimento global de cerca de R$ 472 bilhões (73 bilhões de euros) em tecnologias futuras!

Carro por assinatura

A Volkswagen acaba  disponibilizar o VW Sign&Drive, seu serviço de carro por assinatura com contratação on-line. Inicialmente, o programa estará limitado ao estado de São Paulo nesse primeiro momento, com apenas dois modelos: T-Cross 200 TSI e Tiguan Comfortline.

“A VW vive uma Transformação Digital sem precedentes e o Sign&Drive é mais uma opção de mobilidade que trazemos ao mercado para os clientes desfrutarem dos nossos modelos. Todos os dias, nossos especialistas estão pensando em formas inovadoras de conquistar esse consumidor que quer cada vez mais conveniência e um tratamento diferenciado. Com essa e outras tantas opções que estamos lançando, temos certeza de que levaremos a VW a mais garagens de todo o País. Em seis passos no nosso website, é possível aderir ao programa por assinatura da VW”, destaca Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina.

Volkswagen Tiguan Comfortline 2021 disponível para assinatura
Volkswagen Tiguan Comfortline também pode ser “seu” por assinatura

VW Sign&Drive

O programa VW Sign&Drive permite que o cliente assine de forma digital, no website da VW, o serviço por um período de um ou dois anos (a depender do modelo escolhido) e possa usufruir um veículo Volkswagen.

O que está incluso?

Estão inclusos na assinatura:

  • documentação (IPVA, licenciamento e emplacamento)
  • seguro
  • manutenção preventiva
  • franquia de 1.800 km para rodar por mês

“Estamos oferecendo um valor de assinatura bastante competitivo e disponibilidade do veículo em até sete dias úteis. Temos certeza de que vamos atrair novos clientes, movimentar as lojas e gerar receita adicional para nossa rede. Além disso, ao final da assinatura, vamos incentivar que o cliente troque por outro modelo e plano, fidelizando-o à nossa marca”, afirma Gustavo Schmidt, vice-presidente de Vendas e Marketing da Volkswagen do Brasil.

O programa é desenvolvido em parceria com a Assobrav e com a Fleet Solutions Brasil, empresa da Volkswagen Financial Services que atua na terceirização e gestão de frotas. Esta fase do programa tem duração até o fim dos estoques.

Os planos variam de acordo com o modelo desejado (conforme tabela do mês de novembro de 2020):

  • T-Cross 1.0 200 TSI, nas cores cinza platinum ou preto ninja, a partir de R$ 1.899/mês no plano de 12 meses.
  • Tiguan Comfortline, nas cores branco, prata pyrit e preto mystic, a partir de R$ 3.659/mês no plano de 24 meses.

Se você mora no estado de São Paulo, clique aqui e veja como contratar o serviço.

Volkswagen T-Cross Sense 2021 200 TSI
Volkswagen-T-Cross 200 TSI

Investimento de 472 bilhões de reais

Caminhando no rumo de uma empresa de mobilidade digital, o Grupo Volkswagen irá gastar cerca de 73 bilhões de euros (aproximadamente R$ 472 bilhões) em eletrificação, motores híbridos e tecnologia digital ao longo dos próximos cinco anos.

Os investimentos em bens de capital e Pesquisa e Desenvolvimento para futuras tecnologias serão aumentados de 40% para 50% dos investimentos totais do grupo, para um valor em torno de 150 bilhões de euros. Os investimentos em digitalização vão dobrar, atingindo 27 bilhões na metade da década, refletindo o forte foco do Grupo na construção de capacidade em softwares.

Elétricos e híbridos

Aproximadamente 35 bilhões de euros serão gastos em veículos elétricos movidos a bateria. Outra quantia, de cerca de 11 bilhões, foi reservada para o desenvolvimento de versões híbridas de modelos já existentes.

“Tendo estabelecido antecipadamente o curso para o futuro da propulsão elétrica à bateria, somos agora líderes globais, com nossas plataformas elétricas e uma ampla gama de veículos elétricos”, disse Herbert Diess, CEO do Grupo Volkswagen. “Nos próximos anos, será crucial também alcançar uma posição de liderança em softwares para o carro para atender focaremos nossos esforços para também alcançar uma posição de liderança em softwares para atender às necessidades de uma mobilidade individual sustentável e totalmente conectada. Para esse fim, dobramos nossos gastos com digitalização.”

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

About The Author

Reply