Junta homocinética fixa: aprenda sobre a peça e venda muito mais 

5 minutos para ler

Você conhece a junta homocinética fixa? Apesar do nome incomum, essa peça é muito importante para o bom desempenho de um veículo e, portanto, é fundamental que os vendedores de autopeças conheçam os seus detalhes para que seja possível vender mais.

A junta homocinética é um integrante de todos os veículos de tração dianteira — na maior parte dos carros populares — e a sua função é fazer com que a energia produzida pelo motor seja transmitida às rodas.

Tem interesse em aprender mais sobre a junta homocinética fixa para aumentar as suas vendas? Então, continue a leitura deste post que vamos apresentar todas as particularidades de tal componente. Confira!

Quais são os tipos de juntas homocinéticas?

Existem duas categorias de juntas homocinéticas: as deslizantes e as fixas. No caso das juntas homocinéticas fixas, a sua principal função é realizar a ligação entre o cubo da roda e o eixo homocinético e, ainda, permitir a transmissão de torque em diferentes ângulos. A junta fixa trabalha entre o eixo homocinético e o cubo da roda.

A junta fixa conta com um design voltado à diminuição de barulhos e ao funcionamento suave, assim não possibilita o movimento axial — diferente da junta deslizante, que é projetada para viabilizar tal movimento, o que permite o seu uso em diferentes tamanhos de eixos homocinéticos.

As juntas deslizantes, por sua vez, se localizam entre o câmbio e o eixo homocinético e são imprescindíveis para que o sistema acompanhe os movimentos da suspensão.

Quais são as funções das juntas homocinéticas?

Uma das principais funções da junta homocinética é transmitir a tração, determinada pelas marchas, às rodas do veículo para que ele tenha a força necessária e assim se locomova.

Dessa maneira, é justamente a junta homocinética que permite as rodas girarem e receberem força, o que faz com que o carro ande. Por isso, sem tal componente não é possível transmitir a tração às rodas do veículo

Além disso, como as juntas homocinéticas estão presentes nas duas extremidades dos eixos, mais uma de suas funções é conceder estabilidade ao automóvel ao transferir a tração para as rodas constantemente.

Qual é a importância desse componente?

A junta homocinética fixa é importante justamente em razão das funções que ela exerce, como conceder estabilidade ao carro e a força necessária para que ele ande.

Como a junta homocinética garante a estabilidade do veículo enquanto está em movimento, essa peça é considerada um item de segurança. Além disso, também se trata de um componente importante para mandar energia às rodas, uma vez que, quando ela quebra ou apresenta falhas, a potência gerada no motor não é capaz de chegar até as rodas — o que pode ocasionar a parada completa do automóvel.

Quais são as melhores práticas para diagnosticar problemas na peça?

Como vimos, a junta homocinética é considerada uma peça indispensável para o veículo e, por essa razão, o seu estado de conservação necessita ser observado durante a manutenção de carro, pois, apesar de contar com uma longa vida útil, é importante sempre verificar se ela está funcionando perfeitamente para evitar surpresas desagradáveis.

Além disso, os proprietários que gostam de investir na personalização do seu veículo também devem se atentar à junta homocinética no momento em que forem fazer alterações no carro, como o rebaixamento dele, porque determinadas mudanças na suspensão podem prejudicar o funcionamento da peça.

Em geral, o principal sinal de alerta sobre possíveis problemas nas juntas homocinéticas são os barulhos. Por isso, é fundamental que o motorista se atente ao aparecimento de ruídos quando o veículo traciona em curvas ou nos casos em que o carro é manobrado em marcha ré, em balizas ou estacionamentos, pois é exigido mais esterço da direção.

Esse barulho é semelhante com o de um “clique” e, nesse caso, a tendência é que os problemas estejam localizados na superfície da pista de rolamento das esferas na junta homocinética fixa.

Nos casos em que o referido som ocorre, é um sinal de que a junta está em condição crítica e precisa ser trocada, afinal, trata-se de um item de segurança, e a sua substituição evita que a peça deixe de fazer a sua função ou quebre — o que vai gerar a parada do carro.

Agora que você já conhece todos os detalhes sobre a junta homocinética fixa, vai se tornar mais fácil vendê-la para os seus clientes, não é mesmo? Lembre-se de que também é imprescindível contar com uma marca de autopeças confiável e qualificada, como a Nakata Automotiva, para que o componente funcione corretamente e apresente uma longa vida útil.

Se você deseja conhecer a melhor marca para comprar junta homocinética fixa, então entre em contato com a nossa equipe de atendimento agora mesmo e veja como podemos ajudá-lo!

About The Author

Reply